sexta-feira, 18 de julho de 2014

Não é fácil ser você


Você pensa que é fácil ser você? 
Não é não, apesar de algumas pessoas acharem que é moleza. 
Sabia que tem até gente que te inveja?
 Isso mesmo, gente que mira os seus cabelos, a sua altura, 
o seu corpo, o rosto, o carro, a casa, a família, até o seu papagaio...
 E ainda assim, as vezes os anjos te pegam reclamando...
 Reclama da falta de sorte aqui, ali, no amor, no trabalho... 
Reclama da chuva que cai, do sol que está forte. 
Do frio que está de doer.
 Do tempero da comida, da língua da vizinha.
 E segue reclamando até dormindo...
 Eu sei que não é fácil ser você.
 Encarar os seus problemas, as suas dificuldades...
 E quando você está sem "saco" e tem que aturar cada pessoa chata?
 Não, eu sei que não é fácil e as responsabilidades?
Contas para pagar, estudar, trabalhar, trabalhar e mais trabalhar
. Por isso, eu te peço: valorize-se! 
Não fique com aquela "invejinha boa" dessa ou daquela vida,
 basta a sua e as conquistas que Deus reservou para você. 
 Talvez, ainda hoje, portas se abram para um novo tempo. 
E esse novo tempo pede uma nova pessoa.
 Alguém que saiba onde quer chegar, o que deseja da vida. 
Você está pronto(a) para esse novo tempo? 
Espero que sim, que o novo tempo, não te encontre, ainda no quarto escuro da lamentação.
 Reclamando de tudo e não percebendo que o tempo passa. 
Que a graça da vida esta neste dia.
 Que é o único que nós temos.
 Não, não é fácil ser você.
 Por isso, eu te respeito e os anjos também. 
Viva você!
 Paulo Roberto Gaefke 

 beijinhos
 ✰✰LOW✰✰

Deus está em você



Presença constante,
 é como um sol amigo que fecunda o seu campo íntimo
 e ali faz brilhar a luz da alvorada, da alegria e da verdade.
 Vasculhe o maravilhoso mundo do seu íntimo.
 Interiorize o seu pensamento para encontrar essa onda de paz e harmonia.
 Terá surpresas agradáveis.
 Deus é uma verdade que precisa ser vivida, sentida e amada.
 Descobrir a atuação de Deus
 será para você o encontro de um novo mundo onde viver.
 Livro : Sementes de Felicidade
Autor : Lourival Lopes

 Feliz Sesta-feira
 beijinhos
 ✰✰LOW✰✰


quinta-feira, 10 de julho de 2014

Um dia a gente se supera...


"Não sou boa com números.
 Com frases-feitas.
 E com morais de história. 
Gosto do que me tira o fôlego.
 Venero o improvável.
 Almejo o quase impossível. 
Meu coração é livre, mesmo amando tanto.
 Tenho um ritmo que me complica.
 Uma vontade que não passa
 Uma palavra que nunca dorme.
 Quer um bom desafio?
 Experimente gostar de mim. 
Não sou fácil. 
Não coleciono inimigos. 
Quase nunca estou pra ninguém.
 Mudo de humor conforme a lua.
 Me irrito fácil.
 Me desinteresso à toa. 
Tenho o desassossego dentro da bolsa.
 E um par de asas que nunca deixo.
 Às vezes, quando é tarde da noite, eu viajo.
 E - sem saber - busco respostas que não encontro aqui.
 Ontem, eu perdi um sonho.
 E acordei chorando, logo eu que adoro sorrir...
 Mas não tem nada, não.
 Bonito mesmo é essa coisa da vida: 
um dia, quando menos se espera, a gente se supera.
 E chega mais perto de ser quem
 - na verdade - a gente é"

  Fernanda Mello 

 Boa Tarde beijinhos 

 ☽LOW☾


terça-feira, 8 de julho de 2014

Solte as mãos....


As vezes, precisamos largar as mãos da Vida.
 Principalmente quando estamos nervosos demais. 
Aguardando aquela resposta, aquele resultado 
Ou simplesmente aflitos pelo dia que ainda nem chegou. 
 Relaxe! 
A vida sopra o dia em pequenas rajadas de acontecimentos. 
Tudo tem o seu momento, o seu tempo de realizar-se. 
Seja você aquele que dirige a sua vida,
 ainda que sem as mãos, 
cheio de emoção, 
guiado pela intuição, inspirado pelo coração. 
Vibrando aquela alegria quase infantil, 
certo de que no final daquela curva, na próxima esquina,
 a Felicidade te espera para mais um momento incrível.
 Solte as mãos da Vida e descubra que Alguém te guia.
 Ainda que você não o veja,
 Deus te acompanha e deseja que você descubra o prazer de viver, 
na simplicidade do dia que foi feito pra você.
Dia de crescer na paz e na riqueza de ser “mais você”! 

 Paulo Roberto Gaefke

Estava precisando muito ler este texto!

Bom Dia

beijinhos

☽LOW☾







quinta-feira, 3 de julho de 2014

Siga cultivando


"Que a gente siga cultivando um pouco da pureza, inocência e confiança que a gente tinha aos 8 anos, coisas que acabam se perdendo com a brutalidade do cotidiano.
 Se eu não sinto saudade da infância, é porque essa inocência de certa forma ainda preservo, porque sem ela ficamos muito ásperos em relação a tudo.
 Então, sigamos inocentes, mas sem deixar de curtir a magnitude de ser gente grande." 
Martha Medeiros 

 Boa Noite
 LOW

quarta-feira, 2 de julho de 2014

Ousar


"Ousar!
 Esta é a palavra mágica para você realizar.
 Sinta-se livre para você fazer o que quiser,
 seja para usar uma roupa diferente,
 seja para rir alto, para escrever uma linda carta de amor, 
ou qualquer outra coisa que você queira fazer 
e tem medo de que os outros a recriminem. 
Tudo o que você realmente desejar, você pode. 
Não se iniba diante das críticas!
 Elas virão, com certeza, mas se você tiver certeza do que está fazendo,
 você saberá se defender!
 Lembre-se, a vida não pode ser uma prisão, 
mesmo que seja uma gaiola de ouro. 
A vida é para ser vivida livremente,
 para ser aproveitada, mesmo nas menores coisas!"

 Autoria desconhecida

 Boa Tarde

 Low

ROTEIRO


“Sigo a vida conforme o roteiro, sou quase normal por fora, pra ninguém desconfiar. 
Mas por dentro eu deliro e questiono. 
Não quero uma vida pequena, um amor pequeno, um alegria que caiba dentro da bolsa. 
Eu quero mais que isso.
 Quero o que não vejo.
 Quero o que não entendo.
 Quero muito e quero sem fim. 
Não cresci pra viver mais ou menos, nasci com dois pares de asas, vou aonde eu me levar.
 Por isso, não me venha com superfícies, nada raso me satisfaz.
 Eu quero é o mergulho. 
Entrar de roupa e tudo no infinito que é a vida.
 E rezar – se ainda acreditar – pra sair ainda bem melhor do outro lado de lá.”
 Fernanda Mello

 Bom Dia
 Low

sexta-feira, 27 de junho de 2014

O tempo corre....


"Sempre me restará amar.
 Escrever é alguma coisa extremamente forte,
 mas que pode me trair e me abandonar:
 posso um dia sentir que já escrevi o que é o meu lote neste mundo 
e que eu devo aprender também a parar.
 Em escrever eu não tenho nenhuma garantia.
 Ao passo que amar eu posso até a hora de morrer.
 Amar não acaba.
 É como se o mundo estivesse à minha espera. 
E eu vou ao encontro do que me espera.
Espero em Deus não viver do passado.
 Ter sempre o tempo presente e, mesmo ilusório, ter algo no futuro.
 O tempo corre, o tempo é curto:
 preciso me apressar,
 mas ao mesmo tempo viver como se esta minha vida fosse eterna.
 E depois morrer vai ser o final de alguma coisa fulgurante:
 morrer será um dos atos mais importantes de minha vida.
 Eu tenho medo de morrer: 
não sei que nebulosas e vias-lácteas me esperam.
 Quero morrer dando ênfase à vida e à morte. 
Só peço uma coisa:
 na hora de morrer eu queria ter uma pessoa amada por mim ao meu lado
 para me segurar a mão.
 Então não terei medo, e estarei acompanhada quando atravessar a grande passagem."

 Clarice Lispector

Na verdade não tenho medo de morrer ,
tenho pena......

 Bom Dia 
Beijinhos
 LOW


quinta-feira, 26 de junho de 2014

Vida que se revela


Não dá para dizer que você se ama, se nem ao espelho você confessa esse amor.
 Não dá para dizer que você se respeita, se até os gatos não ligam para o que você diz.
 Não dá para dizer que você é feliz, se você só fala de coisas negativas.
 Nem dá para os anjos se aproximarem com algo bom, se você só reclama da vida.
 Não dá para viver um grande amor, se você se sente tão pequeno. 
 Faça o seguinte: suba no prédio mais alto da sua cidade, ou da sua rua.
 Lá de cima observe as pessoas andando, elas estão do mesmo tamanho dos seus problemas.
 Visto do alto, tudo é pequeno, tudo é tão bobo.
 Viva a vida que pede para você valorizar o que você tem de melhor.
 A vida adora recompensar os que se respeitam, se amam e seguem viagem.
 Por isso pergunte todos os dias: onde é que você quer chegar hoje?
 Pense, reflita e siga o seu projeto de felicidade.
 Sem se importar com a condição atual, tempo ou idade. 

 Paulo Roberto Gaefke 
 Boa Tarde
 LOW

quarta-feira, 25 de junho de 2014

A gente cresce


"Estou desconfiada de que a gente cresce 
quando começa a aprender, com o sentimento,
 muito além da retórica, a não permitir que uma desilusão ou outra
 nos afaste de nós mesmos e nem dos nossos sonhos mais bonitos.
 Estou desconfiada de que agente cresce
 quando é capaz de entender que estar vivo é perigoso,
 sim, é trabalhoso, sim, mas também é uma oportunidade rara e imperdível.
 Que há que se pagar o preço, 
se a ideia é ser feliz e inteiro."

 Ana Jácomo 

 Boa Noite 

 LOW


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...